sábado, 28 de novembro de 2015

Cine debate:De menino, de menina - Gênero na Educação Infantil

De menino, de menina

Documentário dirigido Angélica Valente 
Roteiro: Iana Cossoy Paro


"A natureza não define o gênero de uma pessoa, apenas o sexo: nascemos do sexo masculino ou feminino. As crianças não nascem acompanhadas de uma “bula da natureza” que mostra como homens e mulheres devem se portar: isso é aprendido e estabelecido nas relações sociais e varia de acordo com a cultura, valores e conceitos."
Revista Nova Escola


Professora Michele Meira - Formadora de DOT P Educação Infantil de Guainases

Realizado na EMEI Gianfederico Porta - DRE Guaianases, De menino, de menina acompanhou crianças de 4 e 5 anos em atividades direcionadas para provocar sua imaginação sobre dos papeis tradicionalmente vinculado a meninos e meninas. Ao aobservar de perto a reprodução - e subversão - dos esteriotipo de gênero na infância.


Hoje a equipe gestora da EMEI Ginfederico, Professor Helio de Seixas Torres, diretor da instituição e as professoras Clelia de Liveira, coordenadora pedagógica e Cristiane Andreia Lopes da Silva, professora, esteve no teatro do CEU Inácio Monteiro - no Conjunto habitacional Inácio Monteiro, participaram de uma roda de conversa com a rede de creche indireta sobre a experiência se ser objeto de pesquisa.


Cerca de duzentas pessoas entre professoras, coordenadoras e diretoras assistiriram o documentário  e foram provocados através das falas da diretora, Angelica Valente,  ao apresentar as questões  que sucitaram sua pesquisa.

" O que estamos fazendo nas ações cotidianas que reforçam o statu quo da desingualdade entre homens e mulheres?"

A equipe da instituição foi provocado a repensar em suas práticas, tais como:
_ Separar em caixas brinquedos de meninos e de meninas

O diretor professor Hélio Seixas nos contou sobre o impacto da pequisa na unidade, um exemplo dado foi a reforma já previstas dos banheiros, que após assistir, problematizar, mudaram o projeto de reforma dos banheiros.

A Coordenadora pedagógica sinalizou em sua fala que todos educadores estão repensando suas práticas a partir das reflexões levantadas pela pequisa da cineasta.

Professora Cristina Santos, formadora de DOT P EI DRE Guaianases, professora Cristiane Andreia Lopes da Silva, coordenadora pedagógica Clelia  de Oliveira e o diretor da EMEI Gianfederico Porta, Professor Helio de Seixas Torres

Para saber mais:
  • Tecendo gênero e diversidade sexual nos curriculos da Educação Infantil / Organizado por Claudia Maria Ribeiro - Lavras: UFLA, 2012
  • Revista Nova Escola: Relações de gênero – um tema que não pode ficar fora da sala de aula
EMEI Gianfederico Porta
Rua Torre de Santiago, 323. Jardim Soares - Guaianases
Tel (011)  2557 -0634


Nenhum comentário:

Postar um comentário