domingo, 5 de junho de 2016

Currículo Integrador da Infância _ DRE Guaianases



 Autoria e protagonismo 

Bebês, crianças e suas famílias, assim como educadoras e educadores são observadores, participantes e protagonistas em seu processo formativo e de suas produções individuais e coletivas. 

É a relação acolhedora e atenta entre adultos e crianças que possibilita a constituição desses atores como produtores de conhecimentos, fortalecendo a identidade de educadoras e educadores como profissionais comprometidos com uma educação orientada pelos princípios democráticos e possibilitando que bebês e crianças construam os seus percursos nas relações sociais de que fazem parte, mediados pelo mundo e pelas culturas presentes nos espaços educacionais. 

Segundo Mello (2015), ao utilizar socialmente os objetos da cultura, a criança se apropria das capacidades necessárias ao uso desses objetos e essa apropriação acontece com a autoria e o protagonismo da criança: 

A criança aprende quando é sujeito na vivência, na experiência, isto é, quando participa nos processos vividos com o corpo, a mente e as emoções e não como executora do que foi pensado pelo educador e pela educadora. O ser humano aprende ao se colocar de corpo inteiro nos processos. Nesse sentido, as crianças, seja na educação infantil, seja no ensino fundamental, precisam tomar parte nas situações em que se planeja, avalia, propõe, fazem-se escolhas, tomam-se decisões, resolvemse problemas, argumenta-se e aprende-se a pensar. (MELLO, 2015, p. 3)

Por isso, o protagonismo do professor e da professora não deve inviabilizar o protagonismo das crianças; ao contrário, o protagonismo dos adultos deve promover o protagonismo das crianças, considerando que o processo de ensinar e aprender acontece por meio de relações de comunicação, sendo a aprendizagem resultante de ação em comum entre as crianças e entre crianças e adultos. Nesse sentido, o professor e a professora são os organizadores (para e com bebês e crianças) de vivências, situações em que bebês e crian- ças sejam sujeitos e nas quais possam pensar juntos para aprender a pensar sozinhos, resolver problemas como grupo para aprender a resolvê-los sozinhos, decidir, escolher, planejar, avaliar, tomar iniciativa, propor (MELLO, 2015). 

Professora e professor autores percebem-se investigadores e intelectuais implicados no processo educativo com o compromisso de apresentar, debater e acolher propostas no coletivo das Unidades de Educação Infantil e Ensino Fundamental para conhecer o contexto das crianças com quem trabalham, para promover seus direitos fundamentais e favorecer a autoria dos bebês e crianças em seu encontro com a cultura.

Nesta perspectiva a  Professora Dra Mônica Pinazza fecha um ciclo de quatro encontro no ano de 2016.

Encontro Currículo Integrador da Infância _ DRE Guaianases






Professora Dra Mônica Pinazza

Público alvo: Coordenadores Pedagógicos das EMEI, CEI Direto, Indiretos e conveniada e EMEF ciclo de alfabetização.
Diretores EMEI, CEI e EMEF
Professores de Recuperação Paralela
Professores do Ciclo de Alfabetização
Professores parceiros
Convite: Professores dos CEI, EMEI da rede direta e conveniada, garantindo o atendimento das crianças.
Local: CEU Agua Azul

Horário: 
Manha - 08h30 as 12h30
Tarde - 13h00 as 17h00
Realização: DIPED DRE Guaianases

Nenhum comentário:

Postar um comentário