segunda-feira, 28 de novembro de 2016

“Novas reflexões: Infância e Alimentação”


No dia 21 de novembro a Comissão de Aprimoramento Profissional (CAP) da Coordenadoria de Alimentação Escolar (CODAE) promoveu o 4º encontro do Ciclo de Palestras “Novas reflexões: Infância e Alimentação” no auditório do Sindicato dos Comerciários. O encontro visou à atualização dos profissionais da CODAE nos temas “Nutrição comportamental na infância e práticas pedagógicas em alimentação na educação infantil”.

A Nutricionista da CODAE, Carla Massuia, deu início às palestras contextualizando os fatores que influenciam as escolhas alimentares, dentre eles a disponibilidade dos alimentos, o poder de aquisição, as preferências, as crenças e a cultura alimentar. Abordou que o comportamento alimentar é formado desde a gestação e principalmente durante a infância, por isso tal fase é fundamental para o desenvolvimento de hábitos saudáveis duradouros.

Carla ressaltou o papel da família e da escola na construção do comportamento alimentar da criança compartilhando estratégias que promovem a descoberta de sabores e dos alimentos. Segundo ela “às vezes a expressão facial e a reação dos adultos ao oferecer novos alimentos para as crianças pode induzir a aceitação ou não dos mesmos”.

Complementando as discussões do dia a pedagoga Maria Cristina dos Santos, que atua na Diretoria Regional de Educação (DRE) Guaianases abordou as estratégias pedagógicas para desenvolver a temática alimentação na Educação Infantil. Apresentou boas experiências que trabalham a alimentação dentro da rotina da unidade e permitem a aproximação dos bebês e das crianças com os alimentos in natura.
Maria Cristina comentou a importância das escolas terem ambientes adequados para que as crianças realizem as refeições de maneira autônoma, agradável e que permita a socialização entre seus pares, sempre com suporte e incentivo positivo dos educadores. Ressaltou que pais, funcionários e equipe gestora devem estar sensibilizados sobre a alimentação escolar, para isso é imprescindível a parceria entre a CODAE e as unidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário